Banner
Contador de Visitas
455644


Finados e Adoração Eucarística Celebram a Esperança

"Get the Flash Player" "to see this gallery."

Neste ano de 2018, a celebração de Finados e a 1ª Sexta feira do mês coincidiram com as datas. A paróquia teve três missas, uma às 7,30, celebrada pelo padre José Carlos, Vigário, e as outras ao meio dia e às 18 horas foram presididas pelo Pe. Mário, pároco. Nas missas foram lembrados os falecidos das famílias e da comunidade. Na sua homilia lembrou que o evangelho do dia representava o critério que o Pai usará para o nosso momento final de vida. Disse: “seremos avaliados por Ele pelos nossos gestos de amor em relação aos nossos irmãos”. Também aconteceram dois momentos de Adoração, um após a missa da manhã, que foi dirigido pelo Apostolado da Oração. No período da tarde, o celebrante, após terminada a missa, convidou a comunidade a permanecer na Igreja para mais um momento de oração. Após a reza de três dezenas do terço, o Pe. Mário passou pelo corredor central com o Santíssimo, enquanto se cantava um hino eucarístico. Um momento de muita intimidade com Jesus. Na sequência foi dada a Bênção. Fotos foram registradas pela Rami, PASCOM

 

 


Recados da Semana  

FERIADO DO DIA 15 DE NOVEMBRO: Haverá missa nos horários normais às 7,30 e 18horas. A igreja permanecerá aberta pela parte da manhã. Após ao meio dia, fecha e reabre às 17 horas.

NOVENA DE NATAL: Já estão disponíveis na secretaria os livrinhos da novena de Natal. As imagens do Menino Jesus, serão entregues na celebração do dia 23 de novembro, às 18 horas ao final da missa. Incentivamos todas as famílias católicas a realizarem em suas casas a Novena. Pedimos também que todos procurem retirar na secretaria o livrinho da novena, ele custa um real. Vamos todos nos preparar bem para celebrar o Natal.

APRESENTAÇÃO MUSICAL: Neste final de semana, após a missa das 18 horas do domingo, haverá uma apresentação Musical. Vamos prestigiar.

Pe. Mário Pizetta
Pároco


Mensagem da Semana   

DOAR: UM ATO DE QUEM É LIVRE

 

O 32º domingo do tempo comum ano B, nos coloca diante de duas viúvas: uma se encontra com o profeta Elias, que lhe pede água e depois pão, a outra, a viúva que faz sua oferta no templo.

A primeira leitura relata o encontro de Elias que pede a uma viúva água e pão. A viúva alerta o profeta de que o que possui é tão pouco, ou quase nada. O profeta lhe diz para que proceda desta forma que jamais lhe faltará. Ela acredita e confia. De fato, a farinha não baixou na vasilha e a água jamais faltou (cf. 1Rs 17,10-16). Quem aprende a partilhar jamais falta.

O evangelho relata Jesus advertindo o povo para que fiquem atentos às pregações dos doutores da lei, e depois indo sentar-se diante do cofre das ofertas. Observava como alguns depositavam grandes quantias, e viu também uma pobre viúva que deu duas moedas, que não valiam nada. Depois, Jesus chama os discípulos e diz a eles que esta viúva deu tudo o que tinha, e os outros deram do sobraram (cf. Mc 12,38-44). Nosso gesto de doar não pode ter limites.

A segunda leitura, nos relembra que o sumo-sacerdote no Antigo Testamento entrava no templo uma vez por ano, para oferecer sacrifícios de reparação, Cristo entra uma só vez e sua oferta é para sempre (cf. Hb 9,24-28)

Pe. Mário Pizetta, ssp
Pároco


Leia esta e outras mensagens de semanas anteriores



Leia a vóz do Pároco

 

Confiram as últimas galerias de fotos clicando aqui

Última galeria de  foto postada, Quinta feira, 20 de Setembro de 2018.

 


Nossa Senhora do Carmo resgata almas do purgatório

 

Rosário nas Ruas – Sábado dia 03 às 10:00hs - Rua Topázio, 79

 

Rosário das 1000 Ave Marias em intenção das Almas

Dia: 16 - Horário: 8:00hs até 12:00hs (na igreja NSCarmo) e as 17:00hs missa com as imagens peregrinas.

Novembro é o mês dedicado às Almas do Purgatório. O dia de Finados, no dia 2 de Novembro, é dedicado as orações por todos os fiéis falecidos. O Papa Paulo9 VI, na constituição das Indulgências”, de 1967, estabeleceu indulgências parciais e plenárias pelas Almas do Purgatório, e determinou a semana de 1 à 8 de novembro como a semana das almas, em que podemos lucrar indulgências plenárias a elas mediante uma visita ao cemitério para rezar por elas, tendo se confessado, comungado e rezado pelo Papa (pai nosso, Ave Maria, Glória ao Pai). As Almas, por elas mesmas não podem conseguir sua purificação; dependem de nossas orações, missas, esmolas, penitências, etc... por elas.


    “Clique nos Links abaixo para fazer Tour em 3D pela paróquia Santo Inácio Loiola”

Fachada externa:

https://goo.gl/maps/mj8Uy1nJQEo

https://goo.gl/maps/HEkYDPeAyCK2

https://goo.gl/maps/UrLq4VVtuZC2


Entrada da Paróquia:

https://goo.gl/maps/SkTP7mZxNGx

https://goo.gl/maps/QLiLS7CZG3D2


Corredor central: https://goo.gl/maps/x9U62vYpu8S2

Entrada do Altar: https://goo.gl/maps/Q2cVJ3apAbE2

Algumas imagens de Santos:

https://goo.gl/maps/yUDevzo96ir

https://goo.gl/maps/PHignTjvqMB2

https://goo.gl/maps/wWsC59rxtox

https://goo.gl/maps/segWSiH3Aqz

https://goo.gl/maps/mFzKJqbha1G2

https://goo.gl/maps/ymFAM94UpUp

https://goo.gl/maps/SGRGCTuvuv52



 MISSA DA SAÚDE DE SETEMBRO:  A BÍBLIA E SANTA TEREZINHA

Com a presença de paroquianos, pessoas das casas de Repouso da Vila Mariana, e membros de outras comunidades foi celebrada a já tradicional Missa da Saúde de setembro. Além de ser um momento onde a comunidade reza pelos enfermos, o Pe. Mário, que presidiu a celebração, lembrou que “a Palavra de Deus é um escudo para os que nele se abrigam”(Pr 30,5) e ela se torna uma luz para os passos dos homens. Na missa ainda, por estarmos na Novena de Santa Terezinha, o sacerdote lembrou as grandes virtudes desta jovem Santa: humildade, confiança, abandono e amor a Deus. No final da Missa o sacerdote convidou todas as pessoas a ficarem de frente um do outro no corredor central e um impor a mão sobre o outro. Foi um momento muito bonito de um rezar pelo outro e seguiu a bênção final. A missa foi organizada pela Pastoral dos Enfermos, os cantos foram animados pelo Roberto e as fotografias feitas pela Joana. E a Maria 

Aparecida  a missa da Saúde acontece sempre na última quarta feira de cada mês.


Confira um trecho de como foi a participação da juventude no DNJ 2018, que atraiu aproximadamente 40 mil jovens no Campo de Marte"


UMA PERGUNTA: A PARÓQUIA É UM SINAL DE DEUS?

O sexto encontro dos trabalhos de Grupo sinodais levou a comunidade a perguntar-se: “A paróquia é um sinal de Deus?”- “Como podemos melhorar esta imagem?” Com esta provocação foram formados três grupos e ali houve uma partilha sobre esta questão. O retorno da reflexão mostrou que há um esforço permanente de buscar tornar a paróquia um sinal de Deus. Um dos grupos lembrou que tem observado que as pessoas que passam pela calçada, param e fazem o sinal da cruz. Outro lembrou que quando acolhemos os mais pobres, distribuindo alimentos ou roupas também somos um sinal de Deus. Outro ainda disse quando permitimos que grupos(NA, Alfabetização) ocupem nossos espaços, estamos acolhendo a vida. Acolher vidas é acolher Deus. Também foram destacadas as duas missas celebradas diariamente, os momentos de oração, a presença constante do sacerdote para atender pessoas, a missa dos enfermos, as celebrações missionárias, as visitas aos idosos e enfermos são todos momentos que expressam presença de Deus. Afirmou-se ainda que precisamos melhorar mais, criar a Pastoral da Escuta, melhorar a Acolhida em geral, criar momentos de convivência entre os paroquianos e muitos outros sinais...As fotos foram feitas pela Mariana, da Pascom.


“AVANÇAR PARA ÁGUAS MAIS PROFUNDAS”(Lc 5,4)

A adoração eucarística do mês de setembro teve como motivação especial o começo dos trabalhos da Gabriela e da Maria Lindalva  que irão coordenar o  grupo do Apostolado da Oração.

Na parte da noite, Pe. Mário que coordenou o momento de oração convidou aos presentes mergulharem na frase do evangelho de Lc 5,4: “avance para águas mais profundas”. Lembrou que o crescimento espiritual acontece quando a pessoa “deixa-se envolver pelo Senhor, buscando na Palavra o conforto espiritual e a luz para melhor entender os problemas de hoje”. Focou ainda que a oração é o grande meio de penetrar nos mistérios de Deus. A Adoração Eucarística acontece na paróquia toda a 1ª sexta feira de cada mês após a missa da manhã e a missa da tarde. As fotos foram registradas pela Rami, da Pascom.


Se um dia um anjo declarou que tu eras cheia de de Deus. Agora penso: quem sou eu para não te dizer também Cheia de graça, ó mãe (bis) Agraciada. Se a Palavra ensinou que todos hão de concordar, E às gerações te proclamar, agora eu também direi:Tu és bendita, ó mãe (bis) Bem-aventurada.
 
Surgiu um grande sinal no céu, uma mulher revestida de sol. A lua debaixo de seus pés e na cabeça uma coroa. Não há como se comparar. Perfeito é quem te criou. Se o Criador te coroou. te coroamos, ó mãe (2+) Nossa Rainha

Venha participar do grupo de Jovens da nossa Paróquia, contamos com sua presença


Rosário nas Ruas

Casa de Maria

 Rua Paula Ney 521

Rezando também por todas as intenções particulares, pelas de Nossa Senhora Rainha da Paz e pelo Brasil.


Olá pessoal,  passando para  lhes dar um recado: com o intuito de conhecer melhor a realidade das comunidades paroquiais paulistanas, a Arquidiocese de São Paulo elegeu um vasto grupo de pesquisadores para levantamento de dados. Nos meses de agosto e setembro, eles farão visitas domiciliares e estarão uniformizados para facilitar a identificação. Se um pesquisador bater à sua porta, receba-o bem. Mesmo se você não for católico, não há problema. Este é um extenso trabalho feito pela Arquidiocese a fim de conhecer melhor a cidade de São Paulo e pensar como transformá-la num lugar melhor. Compartilhe esse recado e ajude a divulgar nosso trabalho. Em breve poderemos estar aí na sua casa.
 
Crédito do vídeo: Arquidiocese de São Paulo 

COROINHAS:UM SERVIÇO AO ALTAR

Entre as muitas alegrias que a Liturgia da Paróquia Santo Inácio tem trazido à comunidade está a iniciativa dos Coroinhas. Este trabalho está sendo desenvolvido juntamente com o trabalho de Catequese. No dia 1º de julho aconteceu a 3ª troca de túnicas da paróquia. O coroinha não é uma figura decorativa no altar, mas um servidor do altar. Acreditamos que deste serviço podem nascer futuras lideranças religiosas. Tornar-se coroinha é aprender a servir a Cristo. Na paróquia, o grande incentivador na formação dos coroinhas tem sido o Paulo Senciano, que  todo domingo tem dedicado seu tempo na formação desses adolescentes. A paróquia agradece aos pais pela colaboração recebida.


PARÓQUIA SANTO INÁCIO PROMOVE CURSOS  DIVERSOS

Buscando uma integração com a comunidade a Paróquia estará  promovendo diversos cursos. Alguns já acontecem, outros vamos iniciar em Agosto.

  • Línguas: Inglês (já existente) e Francês (Curso Novo)
  • Música: Violão (quintas feiras- já existente) e Teclado: (Sábado de manhã, recomeçando)
  • Pintura: Já existente (quarta-feira)
  • Oficina Santo Inácio: quartas feiras às 14 horas.

Faça sua inscrição na Secretaria da paróquia. Informações:

Telefone: 5571744  e-mail:  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  


MISSA AO MEIO DIA NA PARÓQUIA SANTO INÁCIO

A partir de agosto de 2018, às quintas feiras, ao meio dia, a Paróquia estará celebrando a Santa Missa. Este é um pedido antigo de pessoas que nos visitam e frequentadores. Benvindos todos para deste momento de encontro com o Cristo.


 


Chegada da Cruz Peregrina da Jornada Mundial da Juventude na Catedral da Sé.

No domingo, 20 de maio, na Catedral da Sé, houve durante a Solenidade de Pentecostes a acolhida da cruz peregrina da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), junto com a cruz foram recebidas também a imagem de Nossa Senhora de Aparecida e a urna com os pedidos de oração que irá para o Panamá durante a jornada.

Os objetos foram acolhidos na porta da Catedral e levados em procissão pelos jovens até o presbitério, em seguida, aconteceu a missa presidida por Dom Odilo, Arcebispo de São Paulo, que ressaltou a importância dos movimentos da juventude tais como a jornada e o encontro do Sínodo que acontecerá em outubro deste ano e tem como tema: Os jovens, a fé, e o discernimento vocacional.

Por fim, Dom Odilo reforçou a relevância dos jovens participarem e se inserirem nas pastorais, e nas diversas formas de ajudar, em suas comunidades e paróquias, pois são eles o futuro da nossa Igreja Católica Apostólica Romana.

Agradeço o convite que me foi feito para participar desse evento, assim como a recepção na Paróquia de Santo Inácio de Loiola, que foi feito com tanto carinho, em especial ao Padre Mário Pizetta, Mariana Mascarenhas e Rami Borba, e ao Dom Carlos, bispo referencial da juventude da Arquidiocese de São Paulo, que fez o convite a todos os jovens e crismandos para comparecerem a esses e outros eventos da juventude.

Millena Raquel Porto



 

QUEM É O MEU PRÓXIMO? A BUSCA DE UMA ESPIRITUALIDADE ENCARNADA

Buscando aprofundar o sentido do Ano do Laicato, o Setor Paraíso, fez acontecer no dia 9 de maio um momento de reflexão. Este evento aconteceu no Centro Comunitário da paróquia do Santíssimo Sacramento.

Foram assessores deste encontro, o Marco Antônio, casado, leigo engajado na Pastoral do Batismo, doutorando na PUCSP em Ciência da Religião. Atua  na região Ipiranga e Ivani de Oliveira, solteira, leiga, atuou na Catequese, Pastoral da Juventude e atualmente ministra cursos, retiros na região de Osasco. Tem formação filosófica, teológica e jornalística. O Marco Antônio desenvolveu a temática aprofundando a parábola do Samaritano: Quem é o meu próximo? Através de  interrogações foi  mostrando o sentido do ser leigo dentro de uma Igreja e fora dela. Nos perguntou: “Como vivenciamos o que aprendemos na Liturgia? qual a lógica do Reino de Deus? Como nos tornamos próximos de alguém?”. Afirmou que o “fizemos a nossa parte” pode não  ser a melhor resposta de um leigo engajado. A Ivani refletiu sobre a importância da Espiritualidade do Leigo.

Fez sua reflexão a partir dos números 184-200, do doc. 105 da CNBB. Lembrou que a espiritualidade é o fundamento, a base, a motivação, é “o viver  segundo o Espirito”(Gl 5-6), deve ser uma espiritualidade encarnada. Lembrou o que diz o n. 186 do doc. 105: “A oração e a contemplação são fundamentais na vida dos cristãos. É preciso cultivar um espaço interior para dinamizar o espirito contemplativo”. Participaram representantes das paróquias do setor, as fotos da Rami, da Pascom Santo Inácio. Os trabalhos foram dirigidos  pelo Pe. Mário Pizetta, coordenador do setor Paraíso, e Pe. Aparecido concluiu com uma oração e a Bênção.  


 RECADO ÀS FAMÍLIAS

Todo dia 18 de cada mês, na Paróquia Santo Inácio de Loyola, na missas da manhã às 7,30 e a tarde às 18 horas,  acontece um momento de oração a Mãe Peregrina. Vamos pedir a proteção de Deus para nossas famílias. Venha celebrar e participar com a gente.



 

A NOITE DA LUZ

Era sábado, às 19 horas, um fogo havia sido preparado no pátio da paróquia, as pessoas, em silêncio, aguardavam o início da celebração da Vigília Pascal. O comentarista Basile acolheu a todos e os convidou a dirigirem o seu olhar para o fogo. Ali, o ministro João carregava uma grande vela, o Círio Pascal. Pe. Mário, que presidia a celebração, fez as devidas incisões, colocou os quatro cravos, acendeu o Círio no fogo e em seguida todos acenderam as velas que haviam recebido na chegada.

Com todas as velas acesas, o sacerdote iniciou a caminhada para dentro da igreja, cantando em voz alta: “A luz de Cristo”. O anúncio da Luz aconteceu em três momentos: na entrada, no meio da igreja e diante do altar. Quando todos haviam entrado, a Irmã Ana Paula, da Congregação Paulina cantou o “Exulte”. Terminado o canto, iniciou-se a proclamação das leituras e o canto dos salmos, que mostravam momentos fortes da história da salvação.

Ao invés da homilia, o sacerdote apenas relembrou que a narrativa das leituras nos ajuda a compreender a ação bondosa de Deus. Também não ocorreu o batismo, mas a benção da água. O celebrante ainda abençoou a água que fora distribuída ao final da celebração. A missa foi coordenada pelo ministro Tarcísio, juntamente com muitos outros colaboradores. Os cantos foram entoados pela Pastoral da Música e as fotos registradas pela Rami da Pascom.


CAMINHAM OS TRABALHOS DE GRUPO DO SÍNODO – ETAPA PAROQUIAL.

3º Sinodo

No  dia 12 de abril de 2018, sob a coordenação do pároco, Pe. Mário, dos animadores do Sínodo Arquidiocesano - etapa paroquial e de membros da comunidade, prosseguiram os trabalhos de grupo de reflexão. Nesse dia também tivemos a presença dos Religiosos e Religiosas presentes na paróquia: PIME, Irmãs Missionárias Cabrini, Irmãs Missionárias da Imaculada, Paulinas, Comunidade Palavra Viva. Nesse segundo dia o olhar foi sobre “os caminhos da evangelização”,  a ação evangelizadora realizada na paróquia. Presentes ao encontro aproximadamente 60 pessoas, que divididos em oito grupos, partilharam  sobre as ações desenvolvidas pela comunidade, desafios, e apontaram possíveis iniciativas para dar mais vida à ação missionária. 2

 

2º Sinodo

Apesar de ter havido uma melhora sensível na participação das pessoas na comunidade,  foi falado que ainda falta um maior comprometimento da comunidade. Um caminho está sendo feito.

Foi também visto que é somente a partir de uma verdadeira conversão Pastoral que acontece um engajamento. A conversão se dá por uma mudança de mentalidade, um processo lento e gradativo que nasce da experiência de cada um com Deus.


NOS PASSOS DE JESUS: A VIA SACRA

Realizada dentro da igreja em razão da chuva, a Via Sacra contou com algo novo neste ano preparado pelos jovens e um grupo de colaboradores responsáveis pela procissão: a representação de todas as estações de modo personalizado. Pouco depois das 19h, a Via Sacra iniciou-se com as luzes da igreja apagadas e a presença dos fiéis segurando as velas, que permaneceram acesas durante toda a oração.  

As 14 estações foram encenadas pelos jovens, acompanhadas por textos bíblicos e comentários voltados para a Campanha da Fraternidade, intercaladas por estrofes de cantos. Na 15º estação foi cantada a música “Vitória”, simbolizando que Jesus havia vencido a morte na cruz. Os cantos foram conduzidos pela Pastoral da Música e as fotos registradas pela Rami, da Pascom.


 
A celebração teve continuidade com a Oração Universal pelo Pe. Manoel e a ministra Eliana, que invocaram a proteção de Deus para diversas realidades da vida humana. Concluída esta prece, caminhamos para o momento da ADORAÇÃO DA CRUZ. Todos se voltaram para o centro da igreja: Raimundo, da Pastoral da música, cantou o “Eis o lenho da cruz, do qual pendeu a salvação do mundo”, enquanto Pe. Mario conduzia a cruz. Coberta com um manto vermelho, ela gradativamente foi sendo despida até chegar ao altar. Nesse momento, toda a assembleia, em procissão, foi até a cruz. Alguns a beijavam, outros, tocavam-na, outros inclinavam-se diante dela. Terminada  a adoração, seguiu-se o rito da Comunhão. Quando o sacerdote fez a última oração, foi introduzida na igreja a imagem do Cristo morto e de Nossa senhora das Dores.

 


 

O início da Semana Santa de 2018 iniciou-se no sábado, dia 24 de março, às 16 horas, com a bênção dos ramos no pátio, seguida por uma pequena procissão até o interior da igreja. Este procedimento aconteceu também nas missas do domingo, das 8h, 11h30 e às 18h.  A missa das 9h30 desse domingo foi ainda mais especial, pois iniciou-se na Praça da Bíblia, ao final da Rua Madre Cabrini. Aos poucos o povo foi chegando, os animadores do canto acolhendo as pessoas  e, próximo das 9h, o padre Mário iniciou a celebração  com a bênção dos Ramos. 

 

Antes da procissão, o celebrante, a partir do evangelho proclamado, lembrou de todos os líderes da nossa sociedade que, por buscarem fazer o bem como Jesus, também são perseguidos e mortos como Ele. Com os ramos nas mãos, como nos narrava o evangelho, a procissão seguiu  seu caminho pelas ruas Coronel Lisboa, Major Maragliano e França Pinto. No caminho, cantos e preces em favor das crianças, que em grande número lá estavam com seus pais, dos idosos, dos doentes e estudantes. Encerrada a procissão após a chegada na paróquia, iniciou-se a missa.  Fotos foram registradas pela Rami da Pascom.


Família Paulina celebra Co-fundadora das discípulas do divino mestre.

No dia 24 de março, às 8,00, membros da Família Paulina e pessoas da comunidade encontraram-se para celebrar o  31º aniversário de morte da venerável Madre Maria Escolástica Rivata, co-fundadora da Irmãs Discípulas do Divino Mestre. A missa foi presidida pelo Pe. Antônio da Silva, e pelo Pe. Luiz Miguel Duarte, ambos Paulinos. Cantos animados pelas Irmãs. A liturgia seguiu os textos do tempo quaresmal.

As irmãs Discípulas do Divino Mestre atuam na Igreja na Adoração e Liturgia. Foram fundadas pelo Bem aventurado Padre Tiago Alberione. As fotos registradas pela Rami, da Pascom.


Uma Partilha necessária para criar uma nova consciência de igreja.

 


No dia 22 de março, às 19 horas, foi realizado o 1º encontro dos trabalhos de grupo na paróquia Santo Inácio. Pontualmente às 19 horas, no interior da Igreja, todos juntos iniciaram com uma oração comunitária.


Após a oração, as 58 pessoas que estavam presentes foram cada uma para seu grupo. Foram formados 9 grupos. Todos trabalharam a mesma questão. A luz dos Atos dos Apóstolos, 4,42-47 como avaliamos nossa comunidade. A questão proposta era: “ O que faziam os primeiros cristãos e nossa comunidade também faz? O que faziam os primeiros e nossa comunidade ainda não faz bastante e precisa fazer mais? O que o grupo gostaria de sugerir à paróquia?


Todos trabalharam nos grupos e no final todos manifestaram sua alegria e percepção de que esta 1ª experiência foi positiva.

 

Presentes neste encontro pessoas da comunidade, religiosas das Discípulas do Divino Mestre; Irmã Albertina, do Madre Cabrini; Pe. Pedro, do Pime; e membros da Comunidade Palavra Viva.

 

O encontro foi encerrado com a Bênção pelo pároco Pe. Mário, que realizou o convite para a participação no 2º encontro grupal, dia 12 de abril 2018, às 19 horas. As fotos foram registradas pela Rami da Pascom e cantos pela Pastoral da Música.

MISSA DA SAÚDE EM MARÇO:  UMA CELEBRAÇÃO PASCAL

 

 

A missa da saúde do mês de março teve um sentido pascal, começando com um momento penitencial. Pe. Mário, que presidia a missa, convidou as pessoas presentes para um momento de  reconciliação com Deus, recordando as palavras de um médico que havia escutado durante um dia: “Uma pessoa que tem o hábito de rezar enfrenta com maior serenidade a doença”. Lembrou que este é o tempo favorável  para uma  maior intimidade com o Senhor. Estavam presentes na celebração as pessoas das Casas de Repouso, da comunidade e visitantes. A organização da missa esteve a cargo da pastoral da Saúde, os cantos contaram com a animação do Roberto e as fotos foram registradas pela Rami, da Pascom. 

 

Na homilia, o sacerdote exortou sobre a importância da confiança em Deus, lembrando o texto de Daniel, dos jovens na fornalha. Da leitura do evangelho, lembrou as palavras de Jesus: “Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”(cf. Jo 8,33). Nossa próxima missa da Saúde será no dia 25 de abril, dia de São Marcos.


Batizados de março: Alegria e participação das famílias.

 

 

Pe. Mário, ao decorrer da celebração, procurou realizar um batismo envolvente, chamando os pais e padrinhos a participar das preces, leituras da Palavra e das orações. Foi muito transparente a alegria dos familiares. As fotos foram feitas pela Rami, da Pascom. 

A preparação do batismo acontece sempre na 1ª ou 3ª quarta feira de cada mês, iniciando às 19h15 e com término previsto às 21h. A preparação tem a participação dos casais Ana e Flávio; Eros e Cleri e do Marcel


 A CATEQUESE: UMA EXPERIÊNCIA NO TABOR

No dia 4 de março de 2018, na missa das 9h30, presidida pelo Pe. Mário Pizetta, aconteceu a abertura dos trabalhos catequéticos na paróquia Santo Inácio de Loyola. A missa, organizada pelas catequistas e a paroquiana Maria da Cruz, iniciou-se com a entrada das crianças que se inscreveram na catequese neste ano, acompanhadas de seus respectivos pais. As leituras foram proclamadas pelas catequistas e alguns pais. Os cantos tiveram a participação da Pastoral da Música e do Sr. Euclides, com a colaboração das turmas de crianças de 2017.

Na homilia, Pe. Mário lembrou a todos que a catequese é uma experiência de subir ao Monte Tabor. Alertou que não deveríamos ver a catequese como uma escola, mas um momento especial de aproximação com Deus. Tempo de escutar Deus: “Este é meu Filho Amado, Escutai o que ele tem a dizer”. Assim como para os discípulos foi uma revelação de Jesus, na catequese também acontece a descoberta de Jesus. As fotos foram registradas pela Rami.


 



INICIAMOS A QUARESMA: TEMPO DE MUDANÇA

No dia 14 de fevereiro, nas celebrações das 7h30 e 18h, a paróquia Santo Inácio iniciou a sua caminhada quaresmal. Um tempo de voltar para o Senhor, como o profeta Joel nos convoca: “ Voltem para o Senhor, rasguem o coração, pois o Senhor é compassivo” (cf. Joel 2,12ss). O apóstolo Paulo fazia um apelo: “Deixai-vos reconciliar com Deus, este é o tempo favorável” (cf. 2Cor 5,20ss).

No evangelho, Mateus nos apresenta os três grandes exercícios para viver a Quaresma: “a prática da caridade, a oração e o jejum” (Mt 6,1ss). A missa da manhã foi presidida pelo Pe. Manoel, e das 18 horas pelo Pe. Mário, que, além da reflexão quaresmal, fez também a abertura da Campanha da Fraternidade, que este ano tem como tema: “Fraternidade e Superação da Violência”, e lema: “Vós sois todos irmãos” (cf. Mt 23,8).

As celebrações foram enriquecidas pela forte presença de fiéis, entre eles os padres Paulinos, de diversos países, que foram concelebrantes. As fotos foram registradas pela Rami, da Pascom



Batismo: testemunhar a fé na família.

 

O segundo sábado de cada mês é sempre muito especial na paróquia Santo Inácio de Loyola. É o dia em que acontecem os batizados comunitários. Por isso, o dia 10 de fevereiro foi uma data de particular alegria para os pais, padrinhos e familiares de três meninas: Maria Luíza, Maria Eduarda e Maria Helena. Pe. Mário, que realizou o sacramento, destacou que, em sua vida de sacerdote, nunca havia batizado, simultaneamente, três meninas chamadas Maria.

O sacerdote lembrou da importância do Batismo na vida da criança e dos pais: a necessidade de testemunhar a fé por parte dos pais e padrinhos. Recordou que, ao batizarmos um filho ou nos tornarmos padrinhos, estamos nos tornando responsáveis, perante a Deus, pela vida destas crianças



FAMÍLIA PAULINA CELEBRA A VENERÁVEL MADRE TECLA MERLO

No dia 5 de março de 2018, foi celebrada missa, na paróquia Santo Inácio, em memória da Irmã Tecla Merlo, das Irmãs Paulinas. Ela nasceu em 20 de fevereiro de 1894, e, aos 21 anos, encontrava-se com Pe. Tiago Alberione, que lhe fez o convite para ingressar no primeiro grupo das Filhas de São Paulo.

A missa foi presidida pelo Pe. José Carlos, da comunidade dos Paulinos de Campinas e membro do Conselho Provincial dos Paulinos, e concelebrada por vários outros sacerdotes. Paroquianos, religiosos, religiosas e admiradores da família Paulina participaram da celebração.

Em uma novena a Madre Tecla Merlo, distribuída aos participantes da missa, encontramos este pensamento: “Mulher de fé e esperança, acreditou que o Senhor a escolheu para tornar-se uma apóstola audaz, para gritar sobre os telhados, a beleza do evangelho”



“Quem ama previne, quem não ama reprime”

A 1ª Missa da Saúde de 2018 foi celebrada no dia 31/01, data em que a Igreja lembra o dia de São João Bosco, fundador dos Salesianos e da Congregação Maria Auxiliadora. São João Bosco foi um dos maiores educadores dos tempos modernos. Pe. Mário, que presidiu a missa, lembrou à assembleia presente que o método de ensino de São João Bosco era o preventivo. Por isso, em meados de 1800, ele criava os Oratórios, espaços onde as crianças e adolescentes ocupavam-se com atividades educativas.

O celebrante lembrou que este método preventivo também é válido para a saúde das pessoas, porque ”muitas das nossas doenças podem ser prevenidas através de nossos hábitos”. A Missa da Saúde acontece na última quarta-feira de cada mês. As fotos foram registradas pela Rami e a missa organizada pela Pastoral da Saúde.

 

 


Manhã de Batizados em 13 de Janeiro de 2018.

A manhã do dia 13 de janeiro de 2018, na paróquia Santo Inácio, foi marcada por batizados comunitários e um individual. Foram acolhidas sete crianças: Lorenzo, Rafael Costa, Giovanna, Ryan, Henrique e o casal de gêmeos Rafael e Gabriela. Foi um momento muito especial para os pais, padrinhos, madrinhas de consagração e amigos das famílias. Pe. Mário, que presidiu a celebração, exortou as famílias sobre a importância do testemunho dos pais e padrinhos na formação da consciência cristã dos filhos. Lembrou que “é do berço, que aprendemos as coisas de Deus, é do exemplo cristão que nascem os verdadeiros discípulos-missionários de Jesus”. O Batismo transcorreu normalmente e as fotos foram registradas pela Rami, da PASCOM.


Paroquianos José e Ednah celebram Bodas de Diamante

No dia 10 de dezembro de 2017 foi celebrada, na Paróquia Santo Inácio, as Bodas de Diamante do casal de paroquianos José e Ednah. A solenidade foi realizada durante a Santa Missa dominical, que contou com a participação de vários amigos e familiares do casal.

Uma das filhas de José e Ednah fez um discurso, durante a solenidade, para exaltar a beleza da data, bem como as qualidades de seus pais. Durante a homenagem, ela falou sobre vários assuntos relacionados à data: lembrou como seus pais se conheceram ainda muito jovens e formaram laços de afetos, ensinando os filhos nas dificuldades e nas alegrias o verdadeiro valor da família e da vida. Eles nos mostram que o AMOR é possível, que temos que perdoar, ceder, compartilhar, unir e amar...

Ela ainda destacou algo muito importante nos dias de hoje: Não podemos deixar de comentar e agradecer a Deus pelas bodas de nossos pais (60 anos de casados), pois, atualmente, vivemos em um mundo onde tudo é instantâneo e descartável. Foi uma solenidade simples que agradou a todos que compareceram para cumprimentar o casal.

Por Cristina Britto


 GUIADOS POR UMA ESTRELA

Chegamos ao final de mais um ano e com ele, para os que que creem, a celebração do nascimento do Menino jesus. Ele vem para renovar nossa esperança de que teremos dias melhores pela frente em todos os níveis: pessoal, comunitário e social. O que passou, não volta mais, ficam apenas as lembranças. O olhar do homem de esperança é sempre para frente. Que este Natal venha colocar em seu coração muita alegria, entusiasmo, coragem e a certeza de que um novo  tempo. Não importará onde você esteja vivendo este momento, na primavera ou o inverno, desejamos que você acolha esta criança que vem chegando. Ela trará apenas vida para você.

 Natal é a festa da família, das pessoas reunidas, festa do encontro, onde a vida é acolhida e celebrada. Nos evangelhos, encontramos o relato dos pastores  que viram uma estrela e se deixaram conduzir por ela. Eles não foram iludidos, pelo contrário, viram a vida renascer.

Era a  luz da vida para a humanidade. Não podemos imaginar o quanto foi grande a alegria  daqueles homens.

Deixo, em nome da paróquia Santo Inácio de Loyola, a nossa sincera gratidão, a você meu irmão, minha irmã, que prestigiou o nosso Boletim, Site e Face, e sobretudo, sua companhia na caminhada comunitária de nossa paróquia.

FELIZ NATAL E  UM ABENÇOADO ANO DE 2018 A TODOS.

Pe. Mário Pizetta, ssp
Pároco


 UMA PAUSA PARA REZAR E PURIFICAR O CORAÇÃO

O dia 2 de dezembro de 2017, no colégio Madre Cabrini, vai ficar marcado para a vida de muitas de nossas crianças. Nesse dia aconteceram as confissões  e uma pausa da rezar. Tempo de voltar-se sobre si mesmo, fazer um exame de consciência. O dia começou com o trabalho das catequistas e de algumas mães que prepararam um café um café muito gostoso. Acolhendo as crianças e abençoando o café e os pães sobre a mesa, pe. Mário lembrou a todos que participar da Eucaristia é aprender repartir o pão. Comungar era assumir um compromisso com Jesus de abandonar o mundo individualista. Terminado o café, As catequistas preparam um profundo momento de oração. Apresentaram o tema da corrupção, em várias realidades da nossa vida pessoal e social.

Subornar, deixar-se corromper, enganar são pecados fortes no mundo de hoje. Todo este tema foi apresentado em cartaz e utilizado pelo Pe. Mário para preparar as crianças para a confissão. Após este momento, todos os que iam fazer a 1ª eucaristia foram acolhidos para a confissão. 

Também algumas mães foram confessar-se. Após as confissões um divertido jogo de futebol, no qual Pe. Mário também participou, o resultado foi um empate, porém todos saíram vencedores pela integração e alegria de todos. Depois do jogo, aquele almoço, com churrasquinho de carne, frango e linguiça para ninguém colocar defeito. Para animar nos cantos, o Antônio estava lá com seu violão e as fotos foram registradas pela Rami, da Pascom


Agora "vocês fazem parte do povo de Deus”

No dia  11 de novembro a comunidade Santo Inácio acolheu para o Batismo as crianças Sofia, Rafael, Caetano e  Giovana e Felipe acompanhadas de seus pais,  padrinhos e parentes presentes.

Presidiu a celebração o Pe. Mário, que em sua breve reflexão lembrou que o santo batismo, nos insere na grande família do Povo de Deus, nos tornando a partir deste momento  irmãos e Irmãs uns dos outros. Cada batizado agora tem uma família mais numerosa. As fotos foram registradas pela Rami e foi um momento todo especial para os familiares.


Celebrando a esperança na vida eterna.

O dia de Finados, 2 de dezembro de 2017, na paróquia Santo Inácio foi celebrado intensamente.

Tudo começou com uma árvore colocada na entrada da Igreja, onde as pessoas podiam colocar os nomes dos seus respectivos familiares ou amigos falecidos. A árvore ficou repleta de nomes.

No decorrer do dia foram celebradas três missas: às 7,30; 12,00 horas, e 18 horas,  com significativa participação. A missa das 7,30 foi presidida pelo Pe. Manoel e as demais pelo Pe. Mário Pizetta.

 

Os celebrantes nas homilias ressaltaram as palavras do prefácio dos fiéis defuntos: “Senhor, para os que creem em vós, a vida não é tirada, mas transformada”. Pe. Mário também lembrou as palavras de Santo Agostinho: “quando levamos uma flor ao cemitério, com o tempo ela murcha, seca e o vento leva, quando derramamos uma lágrima, ela evapora, mas quando fazemos a nossa oração ela é acolhida pelo Senhor”. Lembrou ainda que rezar pelos falecidos, além de ser um bom hábito, nos coloca sempre com a história daqueles que nos antecederam e nos faz olhar para o futuro na esperança da Vida eterna.


“FELIZ O SERVO QUE O PATRÃO ENCONTRAR VIGILANTE”

 A Missa da Saúde de outubro aconteceu no dia 25, às  quinze horas, e foi organizada pela Pastoral da Saúde, os cantos animados pela Marta, da Pastoral da Música, e as fotos registradas pela Rami. Pe. Mário, que presidiu a celebração, lembrou aos participantes, em bom número, que o mês de outubro nos tinha levado a duas grandes festas marianas: N. Sra. Rosário e os 300 anos de Aparecida.

Exortou a todos, a luz do evangelho do dia, que a doença, a idade, os limites que aparecem com o tempo, não podem nos fazer perder a vigilância. Recordou ainda que o terço continua sendo um instrumento de encontro com Deus, pois nele encontramos os grandes momentos de jesus e de Maria. No final da celebração convidou a todos para que na  missa de novembro, façamos nossa confraternização.


UMA PARÓQUIA EM SAÍDA

 Neste ano de 2017, pela 3ª vez consecutiva, a paróquia realizou o roteiro das missas missionárias. Estivemos em dois condomínios, uma na Rua Domingos de Morais e outro na rua Umberto I. A terceira missa aconteceu na praça da Bíblia, no dia 25 de outubro.

Esta experiência, por menor que seja, está nos ensinando o que é ser uma paróquia em saída. A ida aos  condomínios tem sido muito gratificante: acolhida da parte dos síndicos e das pessoas que lá habitam. A missa na praça da Bíblia, mesmo com ameaça da chuva houve muitas pessoas que foram. O lugar foi preparado pelas pessoas da Mario Gardim.

Esta missa teve um toque um toque diferente. As nuvens carregadas não ofuscaram o brilho da lua, e nem mesmo a fé submeteu-se a sombra das árvores porque o olhar das crianças presentes e até  os cuidados com um irmão de Rua, que lá estava nos dizia: É preciso muitos outros passos. Estamos em Sínodo! Nossa gratidão a Comunidade da Palavra Viva que esteve presente em todas as celebrações animando os cantos.



Troca de Túnica na Paróquia

A paróquia, nestes últimos anos  tem procurado valorizar o trabalho dos coroinhas e acólitos e os frutos aos poucos vão aparecendo. Este trabalho está sendo acompanhado pelo Paulinho e a Regina, Co-coordenadora da Catequese.

 Um sinal particular desse crescimento aconteceu no dia 22 de outubro, na missa das 9,30, presidida pelo Pe. Mário, com a troca de Túnica.

A Thainá e a Beatriz, acompanhadas de suas respectivas mães, com as madrinhas  receberam as veste vermelha, e a Sabrina (veste preta e sobrepeliz branca) recebeu o grau de Acolita.

 Enquanto elas recebiam as vestes foram pronunciadas as seguintes palavras: “Recebe esta túnica vermelha(preta), símbolo de tua coragem na fé, como os mártires que deram a vida por Jesus, e recebe esta sobrepeliz branco, símbolo da pureza que deve ornar teu coração e teu corpo”

 

As fotos foram registradas pela Rami.


FAMILIA PAULINA CELEBRA BEM-AVENTURADO

Com a presença dos religiosos e religiosas da Família Paulina e membros da comunidade paroquial, foi celebrada a missa do Bem-aventurado Pe. Timóteo Giaccardo na paróquia Santo Inácio de Loyla no dia 19 de outubro de 2017. A celebração foi presidida pelo Pe. José Carlos, Paulino, da comunidade Paulina de Campinas e outros sacerdotes Paulinos.  Em sua homilia, o Pe. José, lembrou o quanto este sacerdote colaborou, com sua consagração o fundador Pe. Tiago Alberione. Destacou o seu espirito de fidelidade a vocação assumida  e seu grande amor pela congregação no florescer da missão dos Paulinos. No final de sua existência, oferece sua vida a Deus para que a Igreja reconhecesse a Congregação das Pias Discípulas do Divino Mestre.


300 ANOS DE APARECIDA

 

O encerramento do Ano Mariano aconteceu juntamente com a festa de Nossa Senhora Aparecida, dia 12 de outubro de 2017. O Ano Mariano iniciou em outubro de 2016 e se prolongou até outubro de  2017. Durante este período a paróquia dedicou-se a conhecer e vivenciar mais a devoção Mariana, estudos foram feitos com o Pe. Júlio, o terço foi rezado em todas as sextas feiras, antes da missa das 18 horas, cantos marianos foram entoados em momentos de oração e nas celebrações. Maria foi uma presença constante. Com Ela aprendemos a estar mais perto de Jesus.

A festa de Nossa Senhora Aparecida, em nossa paróquia, iniciou com um tríduo, celebrado nos dias 9-10 de outubro, na missa da manhã e tarde. No dia 12, foram celebradas três missas: às 7,30, presidia pelo Pe. Manoel; enquanto das 12,00; e 18,00 foram presididas pelo Pe. Mário, todas, com participação significativa das pessoas da comunidade.

Nas missas foi recordado que a devoção a Nossa Senhora Aparecida, faz parte de nossa história brasileira. Foi lembrado ainda que esta devoção nasceu não de uma aparição, mas de uma imagem encontrada num rio. A devoção foi crescendo até conquistar a confiança do povo. Maria, Rogai por nós.


Missa pela paz pede participação e combate à corrupção

A 3ª Missa pela Paz aconteceu no dia 8 de outubro na praça Conceição Veloso, na Vila Mariana, Uma iniciativa do Setor Paraíso, composto das Paróquias Santo Agostinho, Santa Generosa, Santo Inácio, Santa Rita e Santíssimo Sacramento. A missa iniciou com a acolhida da Imagem de Nossa Senhora Aparecida através do canto dos Trezentos anos. e aclamada pelo povo presente com suas  bandeirinhas  Presentes na celebração aproximadamente umas 400 pessoas. 

A celebração foi presidia pelo Pe. Mário Pizetta, coordenador do setor, e concelebrada pelo Pe. Aparecido, do Santíssimo, Pe. Cássio, da Santa Generosa e Frei Pelayo, da Santa Rita. A missa foi organizada por  lideranças das cinco paróquias.

Os cantos foram animados por representantes de cada paróquia e a Liturgia esteve a cargo dos Ministros extraordinários da Eucaristia.

Em sua  homilia, Pe. Mário, lembrou que a paz é resultado de quem cuida bem da vinha. 

 Afirmou que o grito “Fora Corrupção” era uma Indignação contra todo tipo de institucionalização da propina. Alertou que a omissão da pessoa consciente faz prosperar a produção de uvas amargas.

Convidou ainda as pessoas presentes a se tornarem todas missionárias, lembrando as palavras do papa Francisco: “ A razão de ser da Igreja é ser missionária”.

Após a oração final da missa, os sacerdotes presentes desceram do caminhão e abençoaram todos os animais. O final da missa foi também muito especial os jovens, da paróquia Santo Inácio, montaram um terço com balões que subiu aos céus juntamente com outras centenas de balões.


Santa Teresinha é celebrada com grande devoção.

A paróquia Santo Inácio entre os dias 22 de setembro e 1º de outubro esteve envolvida na celebração de Santa Teresinha do Menino Jesus. Foram dias de muitas orações para os Missionários(as) e a Juventude, considerando que esta Santa é a padroeira. Muitos foram os pontos altos da festa: Cada dia da novena tivemos um sacerdote que presidiu a celebração. Cada um com seu estilo e mensagem enriquecedora.

 Os cantos também foram muito bonitos. No último dia, esteve presente o coral da paróquia Santa Rita. Também tivemos a presença de muitos  ministros nas celebrações. Nos últimos três dias foram distribuídas as tradicionais rosas e bolo para todos os que participaram.

 No dia 1º de outubro, data da festa, a missa foi presidida pelo Pe. Mário, pároco, que em sua homilia, lembrou quatro grandes aspectos da vida da Santa: A humildade, confiança, abandono e o amor a Jesus. Falando da humildade disse: “ficar pequeno é reconhecer o próprio nada, tudo esperar de Deus, ocupar sempre o último lugar”. Sobre a confiança lembrou:  “nunca é demais a confiança no bom Deus”. Com relação ao abandono: “Eu sou a bolinha do Menino Jesus”. E sobre o amor a Jesus: “O Senhor não precisa  de nossas obras e sim do nosso amor. Amar aos pés da cruz é mais belo e heroico do que amar no esplendor do Tabor”. As fotos foram feitas pela Rami e a organização da Novena teve a coordenação do professor Basile.


REZANDO COM SANTA TERESINHA E SÃO VICENTE DE PAULO

 

No dia 27 de setembro, às 15 horas, foi celebrada a Missa da Saúde na paróquia Santo Inácio de Loiola, como acontece sempre na última quarta feira de cada mês. A celebração foi organizada pela Pastoral da Saúde e presidida pelo Pe. Mário. Por estarmos fazendo a novena de Santa, Pe. Mário em sua reflexão lembrou quatro grandes virtudes  de santa Teresinha: A HUMILDADE, A CONFIANÇA, O ABANDONO, O AMOR A JESUS. Lembrou ainda de São Vicente de Paulo, seu amor.

Amor aos mais necessitados. A missa iniciou com a introdução da imagem de santa Teresinha e no final da missa a Pastoral da saúdedistribuiu rosas a todos os participantes. Os cantos foram animados pelo Roberto. Uma das frases marcantes lembradas pelo Pe. Mário na missa da santa: “O Senhor não precisa de nossas obras, mas de nosso amor”.


BATIZADOS DE SETEMBRO: “RECEBE A LUZ DE CRISTO”

 

A manhã do dia  9 de setembro de 2017, às 9 horas, foi de muita alegria para a paróquia Santo Inácio. Foram acolhidas sete crianças para o Batismo:

O André, o mais novo de todos, dois meses. A Beatriz, Benjamim, Luíza, Luiz Miguel, Manuela e a Sofia, nenhuma criança tinha mais de nove meses.


Missa da Saúde de Agosto: "Caminhar sempre de modo digno"

Com a presença  de muitas pessoas da comunidade, das Casas de Repouso do bairro, foi celebrada a Missa da Saúde do mês de Agosto.

A celebração foi presidida pelo Pe. Mário, que em sua reflexão serviu-se da liturgia da palavra para exortar as pessoas presentes  a caminharem sempre e de modo digno.

 Lembrou que umas das realidades mais belas da vida é chegar a idade avançada e ser para os outros um exemplo de vida.

O padre afirmou isto a partir das palavras de Paulo  na 1ª carta aos Tessalonicenses (cf. 1Ts 2,9-13).Lembrou ainda a advertência de Jesus para com os mestres, fariseus: “Ai de vós Mestres da Lei, fariseus hipócritas ....”(cf. Mt 23,22). Agradeceu a todos presentes que ao longo de sua vida conservaram os valores.

A missa foi organizada, pela Pastoral da Saúde. Nesse dia, nosso animador das músicas e cantos, o Roberto, estava aniversariando. O registro das fotos foi feito pela Rami, da Pascom paroquial. A Missa da Saúde acontece sempre na última quarta feira de cada Mês às 15 horas.



PARÓQUIA SANTO INÁCIO CELEBRA DIA DOS PAIS       

O segundo domingo de agosto, mês vocacional, foram dedicadas orações pelas vocações. Neste dia, lembramos da família, de modo especial os pais. A paróquia Santo Inácio, iniciou suas homenagens na missa do sábado, às 16 horas e prolongou suas homenagens em todas as missas do domingo. 

 Além da missa oferecida a eles, no final de cada celebração, os pais foram agraciados com uma pequena recordação, escolhida pela catequese. Na sua homilia Pe. Mário, além da exortação da Palavra de Deus, pediu a ”cada pai que não renunciasse, junto a seus filhos, a transmissão dos valores, da religião e da convivência humana. Lembrou aos pais que o testemunho da fé dos pais é fundamental na vida da criança”. Além  da lembrança foi lida uma bela mensagem. As missas foram presididas pelo Pe. Mário, animadas pela Pastoral da Musica e as fotos registradas pela Rami, da Pascom.


Festa de nossa senhora do mar 76ª aniversário de presença brasileira

 

A festa de N. Sra. do Mar  é comemorada  no Brasil  na paróquia Santo Inácio de Loiola e é celebrada no dia em que os católicos celebram a festa da Assunção de Nossa Senhora.

Essa imagem e devoção chegou ao Brasil pelo casal Costa bile e Clorinda Amato em 15 de agosto de 1942, que se fixaram na área da paróquia, Vila Mariana, São Paulo. Neste ano de 2017 foi festejada a  76ª festa e esta aconteceu na paróquia Santo Inácio de Loiola no dia 20 de agosto de 2017.

A grande celebração começou na semana que antecedeu a festa, onde todos os dias à tarde, na missa das 18 horas, era feito um momento Mariano. Na vigília  da festa, sábado à noite, um grupo de pessoas fez  ornamentação das imagens de Nossa Senhora e Santo Inácio, que na  manhã seguinte, bem cedo,  foram colocadas no pátio da igreja.

Chegou o domingo, dia da festa, raios de sol iluminavam as imagens  e as pessoas foram chegando. Quando o relógio marcava 9,45 horas, os andores, com as imagens, foram levados para a rua. O CET e Polícia Militar davam cobertura para que o povo pudesse acomodar-se. A grande procissão iniciou pontualmente às 10 horas com o grito “Viva Nossa Senhora do Mar!” e “ Viva Santo Inácio!” e a  acolhida da Sra.  Maura e Pe. Mário, que diante da igreja, convidaram o povo a rezar o 1ª  dezena do terço dos mistérios gloriosos. 

A Imagem de Maria foi conduzida por jovens marinheiros e a de santo Inácio pelo Povo. Durante toda a caminhada tivemos a animação da Banda, vinda de Mauá, que por meio da música qualificavam nossa caminhada. Saindo da França Pinto, entramos na  rua Major Maragliano, e em frente a Fapcom, fez-se a  2ª parada, onde rezamos pelas crianças estudantes e doentes. A terceira parada foi feita na Rua Umberto I, em frente a casa dos primeiros moradores Italianos na Vila Mariana.

Nesta pausa, Pe. Mário lembrou a situação dos migrantes do final do século XIX e os refugiados de nosso tempo. Neste local, relembrando a língua dos antepassados, foi rezada uma Ave Maria em italiano. A Procissão continuava o seu percurso. Na rua França Pinto, em frente ao prédio de tijolinhos, foi feita a 4ª parada. Tudo caminhava bem, quando do céu, vinham alguns sinais de nuvens carregadas.

Estas, alertavam: vamos ter chuva! e nos dirigimos às pressas para a quinta e última parada, que aconteceu  em frente a igreja. Neste local foi rezado o 5º mistério glorioso e foi feita a revoada dos balões pelas crianças, um espetáculo muito bonito. O tempo foi passando e as gotas d’agua começavam a cair. Mesmo assim o povo lentamente foi entrando na Igreja cantando.

Quando todos tinham entrado, entraram as imagens, inicialmente de Santo Inácio, acompanhado do hino, depois, entrou a imagem de Nossa Senhora do Mar, que foram levadas até o altar. Com o templo totalmente lotado  aconteceu a missa presidida pelo Pe. Mário e concelebrada pelo capelão da Marinha, Pe. Diniz. Em sua homilia, o celebrante, a luz da 1ª leitura  pediu que cada um se esforçasse para ser um sinal, assim como Maria foi para o mundo.

No final da celebração, aconteceu de forma emocionante a coroação de Nossa  Senhora, através das duas pessoas que haviam sido sorteadas na entrada da igreja. Brilhante foi a participação das crianças, do coral, das pessoas. As fotos foram registradas Rami, da Pascom paroquial.

Pe. Mário

 


PARÓQUIA SANTO INÁCIO CELEBRA SANTO INÁCIO LOYOLA

A Paróquia Santo Inácio, da Vila Mariana, setor Paraíso, Região Sé, celebrou o seu padroeiro com um tríduo nos dias 2,3,4, e no dia 5 de agosto, às 16 horas, festejou o seu padroeiro com  missa festiva. Nos dias do tríduo foram resgatados momentos marcantes da vida de Santo Inácio.

No dia 2, aprofundou-se a passagem da vida mundana de Inácio para a descoberta de Cristo. No dia 3, recordou-se o tempo do silêncio de Inácio no mosteiro onde depositou aos pés de Maria a sua espada de cavaleiro e a partir daquele momento torna-se um grande devoto de Maria.

Os jesuítas louvam Maria com o título Nossa Senhora da Estrada. Destacou-se ainda Os Exercícios Espirituais, como fontes do amor de Deus. O terceiro dia da novena, foi destacado o desejo de Inácio caminhar, dirigir-se às missões, ser uma Igreja em saída para os nossos dias.

Presidiu a celebração o pároco Pe. Mário Pizetta e concelebraram o Pe. Luiz Miguel, provincial dos Paulinos, e os padres Pe. José Carlos, ex-vigário, que no dia festejava seu aniversário e Pe. Mário, que atua na Suiça, em férias, na casa de seus pais.

Após a missa, todos desceram para o Salão para a confraternização. Ali foi servido um grande Bolo e o bolinho de bacalhau, para quem desejasse e refrigerantes à vontade. A missa foi organizada pela equipe de Liturgia, os cantos pela Pastoral da música, fotos registradas pela Rami. Grande número de paroquianos participou da celebração e da confraternização.

Pascom


 MISSA DA SAÚDE  DE JULHO COM  SÃO JOAQUIM E  SANTA ANA

 

No dia 26 de julho a Igreja  lembra São Joaquim e Santa Ana, pais de Maria,  que foram os pais de Jesus. No início da celebração Pe. Mário fez alusão sobre a vida desses santos. Com a presença numerosa de pessoas da comunidade, das casas de Repouso, aliás, sempre uma presença simpática em nossas celebrações iniciou-se a celebração.

 

 Presidiu a missa o Pe. Mário Pizetta, os cantos foram animados pelo Roberto, nosso colaborador das missas da manhã às 7,30. A missa foi organizada pela Pastoral da Saúde, e as fotos registradas pela Rami, da Pascom. Nossa ministra dos Enfermos, Maria Aparecida, levou para a celebração a oração de Santa Ana: “Olhai para todas as famílias que lutam para sobreviver e que se encontram em grandes dificuldades de relacionamento.

 

Acompanhai os adolescentes e jovens, amparai os idosos e doentes de nossa sociedade”. Na homilia o celebrante afirmou: “ Celebrando São Joaquim e Santa Ana, lembramos dos idosos, mas precisamos ter consciência de  idade não é doença, mas um ciclo do nosso viver”. Nossa próxima celebração dia 30 de agosto às 15 horas.

Pascom


FESTA JUNINA:  "TUDO ESTAVA MUITO BOM!"

 
A paróquia Santo Inácio de Loiola, neste ano de 2017, concentrou às suas festas Juninas em dois dias: 24 de junho e 1º de julho.
 
Foram apenas dois dias, mas de intensa movimentação. O número de pessoas que compareceram foi muito grande. O ambiente, com bandeirinhas, chapéus, cartazes, estava muito bem preparado, pela equipe de ornamentação. Em cada barraca, equipes de pessoas alegres que serviam a todos sem distinção. Chegou até ter fila.
 
De tanto prato gostoso que havia estava difícil escolher por onde começar. No centro de todas as atenções, a famosa Fogazza de Santo Inácio.
 
Paralelamente acompanhavam os Caldos, o Vinho Quente e Quentão, Milho Verde, Churrasquinho, a Pizza Malandrini, Pipoca, a Maça do Amor, o Bolinho de Bacalhau, o Cachorro Quente, os Pratos de Doces, muito gostosos. Não faltaram as brincadeiras da criançada. Não faltou o refrigerante com a cervejinha, sempre bebida com moderação.
 
A música contou com a animação do Antônio, Coral Santa Rita, o Leandro. E na sala Santo Inácio faltou espaço para a turma buscar a sorte de alguma prenda.
 
No final da festa foram realizados os sorteios da Ação entre Amigos. A coordenação da festa agradece a todos que vieram compartilhar deste momento de diversão e integração na comunidade.

As fotos foram registradas pela Rami.

MISSA DA SAÚDE COM OS SANTOS DO MÊS DE JUNHO



Tomai, Senhor e recebei toda a minha liberdade e a minha memória também.

O meu entendimento e toda a minha vontade, tudo o que tenho e possuo vós me destes com amor.

Todos os dons que me destes com gratidão vos devolvo.

Disponde deles, senhor, segundo a vossa vontade.

Dai-me somente o vosso amor, vossa graça.

Isto me basta, nada mais quero pedir.


 OFICINA SANTO INÁCIO FESTEJA 15 ANOS DE SERVIÇO NA PARÓQUIA

 


"Com muita alegria a Oficina Santo Inácio comemorou, no último dia 15 de maio, o seu 15º aniversário. São quinze anos em plena atividade, graças ao incentivo  dos nossos párocos e ao trabalho generoso das senhoras voluntárias que, com amor e perseverança, produzem as peças de artesanato para os nossos bazares. A todas as voluntárias o nosso agradecimento e fazemos o convite a quem quiser vir fazer parte do nosso trabalho, que venham nos visitar às quartas-feiras, das 14 às 17 horas.
Serão todas recebidas de braços abertos."(Sra. Lídia - Coordenadora da Oficina)


"VOCÊS SÃO BEM-AVENTURADOS..."

 
No dia 12 de junho, às 20 horas, na Paróquia do Santíssimo Sacramento, D. Eduardo, Bispo da Região Episcopal Sé, conferiu o mandato de Ministro Extraordinária da Sagrada Eucaristia a todos os Novos Ministros  e Renovação para os antigos Ministros do Setor Paraíso, por um período de três anos.
 
A celebração foi conduzida por Dom Eduardo e concelebrada pelo Pe. Aparecido, do Santíssimo, Frei Claudio, representando a Paróquia Santo Agostinho, Frei Cristiano, a Paróquia Santa Rita, Padre Cássio, Santa Generosa, Padre Jorge, Paróquia Alemã São Bonifácio e Pe. Mário, Santo Inácio de Loiola.
 
A celebração iniciou com a acolhida do Pe. Aparecido a todos os padres do Setor e toda a Assembléia. Presentes também todos os novos e antigos Ministros e familiares. Os cantos foram animados pelo Coral do Santíssimo. 
 
Dom Eduardo, em sua homilia, afirmou que todos "os Ministros são Bem-aventurados pois foram chamados por Deus para serem protagonistas das Bem Aventuranças: lembrou que cada Ministro é chamado a ser um promotor da Paz, Justiça, da Misericórdia, do Amor de Deus". Lembrou ainda que "ser Ministro não é apenas servir o altar, mas estar à serviço de todos os que precisam de uma palavra amiga". Pediu que "todos procurem caminhar unidos com seus párocos e vigários" e "ir ao encontro de todos os que sofrem". Após a homília, Pe. Mário, Coordenador do Setor Paraíso, apresentou ao Sr. Bispo todos os candidatos.
 
Todos professaram diante do Bispo o seu compromisso de servir a Deus através de suas comunidades.

"EUCARISTIA: FONTE ÁPICE DA VIDA CRISTÃ" 


"NÃO FALTARAM PÃES NO DIA DE SANTO ANTÔNIO"

 
Como tem acontecido nesses últimos anos, a paróquia Santo Inácio celebrou com muita devoção e fé a festa de Santo Antônio. 
 
Aconteceram 3 missas, às 7,30; 12,00; 18,00 e outros dois momentos de oração e bênção dos pães, às 10 e 15 horas. As celebrações foram conduzidas pelo Pe. Mário e tiveram a participação dos Ministros e da Pastoral da Música nas três celebrações.
 
Foi muito marcante a doação de pães. Em todas as celebrações, a mesa formada em frente ao altar, esteve sempre repleta de pães. Destaque também foi a ornamentação da moldura onde estava o quadro do santo na igreja. 
 
Agradecemos à família que todos os anos faz esta bela ornamentação, com muito verde e lírios.
 
Recordamos que Santo Antônio é invocado em muitas necessidades, não  apenas como o santo dos casamentos. Santo Antônio foi um grande pregador  e amigo dos pobres e oprimidos. As fotos foram registradas pela Rami da Pascom.

IV MISSA SERTANEJA NA PARÓQUIA SANTO INÁCIO DE LOIOLA

 
 
 
 
 

BATIZADOS DE JUNHO 2017

 
 
 
 
As fotos foram feitas pela Rami.

"PARA SERMOS CRISTÃOS PRECISAMOS SER MARIANOS"

 
No dia 3 de junho de 2017, na paróquia Santo Inácio de Loiola, a Família Paulina, coordenada pelas Irmãs Apostolinas, celebrou a missa em homenagem a Rainha dos Apóstolos. A celebração foi conduzida pelo padre Mário Pizetta e concelebrada por diversos outros sacerdotes paulinos.
 
Presentes também as Irmãs das diversas Congregações fundadas pelo  Bem-aventurado Padre Alberione e também dos Institutos Seculares da Família paulina e paroquianos.
 
Pe. Mário iniciou sua reflexão lembrando as palavras do papa Francisco, a poucos dias em Fátima: "Se quereis ser cristãos, temos que ser Marianos".
 
Recordou que o Bem-aventurado Padre Alberione, desde a infância, nutria uma forte devoção por Maria.
 
Esta proximidade com foi ganhando corpo no seu sacerdócio e também quando iniciou a Família Paulina. Embora a devoção a Maria Rainha dos Apóstolos já estivesse presente na Igreja, o fundador  queria que esta devoção estivesse presente na espiritualidade Paulina. A imagem de Maria encontrada  nas capelas paulinas é oriunda da obra artística de João Batista Conti em 1935 que mostra o grande sentido da missão Paulina: dar Jesus ao mundo.
 
Pe. Mário concluiu sua partilha sugerindo quatro passos para melhor compreender as atitudes de Maria Rainha dos Apóstolos: Escutar - Acolher - Contemplar - Anunciar. Os cantos foram animados pela Pastoral da Música da paróquia e membros da família Paulina. As fotos registradas pela Rami.

A coroação de Nossa Senhora

No dia 28 de maio de 2017, na paróquia Santo Inácio, na final da missa das 9,30,  foi um momento de rara emoção. As nossas crianças da catequese, acompanhadas  das catequistas,  brilharam  na coroação de nossa querida Mãe.

 
 

 


"RECEBE POR ESTE SINAL, O ESPIRITO SANTO, DOM DE DEUS"

 
 
 

 

PASCOM


MÃE: UMA GRATIDÃO ETERNA

 
 
 
 
 

BATIZAR NÃO É UM ATO MÁGICO


REZANDO SOBRE OS TEXTOS DO RESSUSCITADO

 
 

MISSA DA SAÚDE DE ABRIL COM QUADRO  DIVINA MISERICÓRDIA

 
 
 

A NOITE DA LUZ QUE SUPERA AS TREVAS DA MORTE

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

PROCISSÃO - VIA SACRA 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O GRANDE SILÊNCIO DA TARDE DE SEXTA FEIRA

 
 
 
 
 
 

PARTILHA DO PÃO E A LIÇÃO DO SERVIÇO 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

JESUS É ACLAMADO PELA MULTIDÃO NA ENTRADA PARA JERUSALÉM

 
 
 
 
 
 
 
 

MISERICÓRDIA E PIEDADE É O SENHOR

 
 
 
 
 
 
 

30º ANIVERSÁRIO DE IR. ESCOLÁSTICA RIVATA

 
 
 
 
 
 
 

CONHECER PARA VIVENCIAR JESUS

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O SENHOR É O MEU PASTOR (Sl 22)

 
 
 

 


EM DEFESA DA VIDA
 

 
 
 
 
 
 
 

 


BATIZADOS DE FEVEREIRO: UM MOMENTO DE FÉ E ALEGRIA

 
 
 
 
 
 

ORAÇÃO PELA PAZ

 
 
 

 

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA APARECIDA

 Mãe Aparecida intercedei pelo nosso Brasil 

Nós te louvamos Mãe da Conceição Aparecida, somos muito felizes por vos ter como Mãe.

Querida Mãe, olhai para teus filhos e filhas espalhados pelo nosso Brasil.

Cobri com vosso manto a realidade de nossa gente, de nossa pátria. 

Eliminai de  nossos caminhos a corrupção, a injustiça, a indiferença, o individualismo e a descrença.

Ajudai-nos a criar dentro de nós o espírito da partilha e da fraternidade.

Não permitas que teus filhos e filhas percam a fé.

Mãe querida não deixeis  que nossa "irmã terra", tão fértil, seja destruída pela ganância.

Que saibamos zelar pela nossa irmã criação, não destruindo as margens de nossos córregos, de nossas  nascentes.

Que não joguemos em nossas praias as nossas sujeiras, contaminando as praças de lazer de todos.

 

Mãe querida olhai para nossas crianças e nossos jovens para que saibam utilizar as novas tecnologias para o bem.

Fazei que com que todos que ocupam cargos públicos não busquem os seus interesses particulares, mas o bem comum.

Querida Mãe, vós que estivestes na cruz acompanhando os momento salvador da humanidade, olhai para todos os teus filhos e filhas que perambulam pelas ruas de nossas cidades.

Olhai também pelos nossos idosos, que todos possam encontrar espaços para concluir seus dias na paz e na alegria.

Abençoai a Igreja peregrina que quer seguir teu Filho Jesus.

Mãe querida intercedei junto a vosso Filho Jesus para que sejamos perdoados de nossos pecados. (Pe. Mário Pizetta) SSP.

     Mãe Aparecida interceda por nós.


Oração - Santa Terezinha

Minha Santa Terezinha do Menino Jesus, que prometestes enviar uma chuva de rosas sobre o mundo, eu vos peço: realizai em minha vida vossa consoladora promessa. Preciso de uma chuva de graças que lave minha alma nas águas das bênçãos do Pai. Intercedei por mim junto ao vosso Bem-Amado Jesus. Acompanhai-me com vossas orações, aumentai minha confiança na misericórdia divina.
Desejo andar a passos largos no Pequeno Caminho que trilhastes, caminho todo feito de dependência e entrega aos desígnios amorosos de Deus.
Alcançai-me a graça de não duvidar do amor que Jesus tem por mim. Ajudai-me a crer diariamente no amparo de Deus sobre minha vida quando estou aflito, quando estou ansioso, quando estou enfermo, quando me sinto fraco e desencorajado para orar, trabalhar e amar.
Concedei-me da parte de Jesus, o dom da alegria, a capacidade de sorrir e crer, mesmo quando houver escuridão dentro de mim. Fizestes do Amor o objetivo e sentido de vossa breve vida. Enfrentastes com um sorriso todas as provações e nada negastes ao Bom Deus. Que Jesus, vosso Amado Esposo, esteja sempre comigo e com as pessoas que amo. Atendei-me nesta graça que com insistência vos peço. (faz-se o pedido)

Pai Nosso...
Ave Maria...
Gloria pai...

ATIVIDADES  DIVERSAS  DA PARÓQUIA

Além das atividades normais da vida da paróquia, os trabalhos pastorais, a paróquia esta procurando dar utilidade ao espaço existente proporcionando atividade úteis á comunidade.

Estamos estudando possibilidades de  outras iniciativas. Informações: 5571-1744

Venha você também participar!

PASCOM


GRUPO MADA

Sexta das 19:00hs às 20:45hs
Orientação: Márcia


DESENHO
Terça das 14:00hs às 16:00hs
Orientação: Professora Jarina.
                       
BRECHÓ
Quarta e quinta das 9:30hs às 16:00hs
Coordenação: Maria, Dulce, Rita e Heloisa.

ALFABETIZAÇÃO
Segunda  à quinta                                  
das 19:00hs às 20:45hs
Orientação: Maria de Lourdes  
                   
ALONGAMENTO
Quarta das 8:00hs às 9:30hs                
Coordenação: Proº Luiz.
                     
                                                                                        

DIABÉTICOS
Segunda das 08:00hs às 10:00hs          
Quarta das 08:00hs às 11:30hs
Orientação: Profº Luiz
                                         

ESCOLA MUSICAL Violão 
Sexta periodo da manhã                     
Orientação: Profº Antônio
                


OFICINA ST. iNÁCIO
Quarta das 14:00hs às 16:00hs
Orientação: Lídia                                                     

ÓLEO SOBRE TELA
Quinta das 9:00hs às 11:00hs
                  14:00hs às 16:00hs
Coordenação: Marcia,.


Artigos, notícias de meses anteriores, ou mais antigos da Paróquia clique aqui e visualize


 

 

BÊNÇÃO APOSTÓLICA "URBI ET ORBI"

 

PRIMEIRA SAUDAÇÃO DO PAPA FRANCISCO

 

NOSSO NOVO PAPA

Franciscus
Jorge Mario Bergoglio
13.III.2013

 


Pároco: Pe. Mário Pizetta , SSP


Atendimento secretaria:

 

Secretárias: Marília e Isabel

 

Segunda-feira: 15h às 18h
Terça a sexta: 8h às 18h

Sábado: das 8h às 17h

Domingo: das 7:30 às 13:00h 

 

Horários de Missas:

2ª feira a 6ª feira: 07h30 e 18h
Sábado: 08h e 16h
Domingo: 08h, 9h30, 11h30 e 18h

 

Atendimento de Confissões:

3ª feira: das 8h às 9h
5ª feira: das 8h às 9h e as 16h
6ª feira: as 16h

 

Preparação para o Batismo:

Dias de preparação:  1ª e 3ª QUARTA FEIRA DE CADA MÊS

Horário: 19:15 - 21:00 ( tolerância de 10 minutos)

 

Celebração do Batismo:

Segundo sábado de cada mês: 09h

 

Curso de noivos

 

Maiores Informações:

Endereço: Rua França Pinto, 115 - 04016-030 - São Paulo - SP



 

 

 

ENCERRAMENTO DA NOVENA: Será nesta sexta-feira, dia 15, na missa das 18 horas, com a presença do Coral da 3ª idade que estará animando a missa. Nesse dia, também esperamos as cestas de alimentos dos grupos da novena de Natal, pedidos por ocasião da abertura da Novena.

DIZIMISTAS: Elevamos neste domingo nossa prece a Deus pelos nossos dizimistas. O dizimo é um sinal de minha gratidão a Deus pelos benefícios recebidos. Ele não é um pagamento, mas um gesto de amor e de compromisso.

ENVELOPES DA CAMPANHA DA EVANGELIZAÇÃO: Na saída da igreja se encontram os envelopes da campanha da evangelização. Agradecemos a todos que puderem colaborar com os projetos de evangelização da Igreja no Brasil.

CORAL DA USP: No próximo domingo, após a missa das 18 horas, teremos apresentação do Coral da USP.

A 1ª Missa da Saúde de 2018 foi celebrada no dia 31/01, data em que a Igreja lembra o dia de São João Bosco, fundador dos Salesianos e da Congregação Maria Auxiliadora. São João Bosco foi um dos maiores educadores dos tempos modernos. Pe. Mário, que presidiu a missa, lembrou à assembleia presente que o método de ensino de São João Bosco era o preventivo. Por isso, em meados de 1800, ele criava os Oratórios, espaços onde as crianças e adolescentes ocupavam-se com atividades educativas.

O celebrante lembrou que este método preventivo também é válido para a saúde das pessoas, porque ”muitas das nossas doenças podem ser prevenidas através de nossos hábitos”. A Missa da Saúde acontece na última quarta-feira de cada mês. As fotos foram registradas pela Rami e a missa organizada pela Pastoral da Saúde.

2º ENCONTRO DOS TRABALHOS DE GRUPO DO SÍNODO NA PARÓQUIA: Acontece nesta quinta-feira, dia 12 de abril, às 19 horas. Recordamos que no último encontro tivemos a participação de 58 pessoas. Vamos ver se neste encontro superamos este número. A participação de todos é importante para criarmos uma consciência maior de Igreja, que se manifesta na vida paroquial.

DIZIMO: Todos os meses, num dos domingos, rezamos por todos os nossos dizimistas. O dízimo é uma expressão de comprometimento com a vida da comunidade. Rendemos graças a Deus pelos nossos dizimistas.

MISSA COM A FAMÍLIA PAULINA: Na próxima segunda feira, às 18 horas, teremos a celebração da festa de N. Sra. da Anunciação, onde estaremos rezando pelas Irmãs Anunciatinas.

FERIADO DO DIA 15 DE NOVEMBRO: Haverá missa nos horários normais às 7,30 e 18horas. A igreja permanecerá aberta pela parte da manhã. Após ao meio dia, fecha e reabre às 17 horas.

NOVENA DE NATAL: Já estão disponíveis na secretaria os livrinhos da novena de Natal. As imagens do Menino Jesus, serão entregues na celebração do dia 23 de novembro, às 18 horas ao final da missa. Incentivamos todas as famílias católicas a realizarem em suas casas a Novena. Pedimos também que todos procurem retirar na secretaria o livrinho da novena, ele custa um real. Vamos todos nos preparar bem para celebrar o Natal.

APRESENTAÇÃO MUSICAL: Neste final de semana, após a missa das 18 horas do domingo, haverá uma apresentação Musical. Vamos prestigiar.